Mães de África

“A saúde da mulher é reconhecida como uma questão de direitos humanos, devendo como tal ser promovida e defendida. As mulheres em África representam ligeiramente mais de 50% dos recursos humanos do continente e, por isso, a saúde da mulher tem grandes implicações no desenvolvimento da Região. Reportando-se, em particular, ao nível inaceitavelmente elevado da mortalidade materna na África Subsariana, o relatório recomenda como fundamental repensar as abordagens destinadas a melhorar a saúde da mulher, com base num entendimento dos determinantes sócio-culturais, que são muito importantes para a desenvolver.

O relatório da Comissão de Peritos da Organização Mundial da Saúde argumenta que a saúde da mulher é a base do desenvolvimento económico e social na Região Africana.” Clique aqui para fazer download do relatório.

Fonte: World Health Organization African Region

PARCEIROS GMA